OPRICH / PIAREVARACIE / CHUR

«Triunity»
Casus Belli Musica
4/5
Os splits têm, por norma, motivações estilísticas ou de financiamento de edição. Raramente têm um conceito comum, como é o caso aqui, em que se reúnem três dos mais válidos projectos de metal pagão/folk da Rússia, Bielorrússia e Ucrânia para celebrarem em conjunto as suas raízes eslavas. Estranhamente – ou talvez não – os três projectos apresentam semelhanças na sua abordagem musical, sobretudo a nível de vocalizações (cantadas, emotivas, orgulhosas) e no facto de usarem as suas línguas nativas para as letras. Depois, os russos Oprich iniciam o disco com três faixas que misturam música acústica cheia de instrumentos locais e melodias tradicionais com momentos mais distorcidos que seguem, no entanto, o mesmo tipo de linha estilística. Seguem-se os bielorrussos Piarevaracien, que equilibram um lado eminentemente acústico com uma sensibilidade maior para as melodias, com uma flauta a acompanhar tudo, naquele que é sem dúvida o projecto menos “metal” do split. Finalmente, os ucranianos Chur mostram-nos um carácter mais contemplativo e atmosférico do folk metal, com temas de uma intensidade mais espiritual e algumas influências de shamanismo nas vocalizações. O que une as três bandas – uma espécie de folk metal pagão muito própria, que privilegia as raízes ancestrais dos seus países e culturas – é também o que pode tornar este lançamento ao mesmo tempo tão pouco comercial (para os parâmetros de um “mercado” em que tudo tem que cair em etiquetas musicais já estabelecidas) e tão especial, no sentido deste ser um projecto único com música original, verdadeira e belíssima.
Ouvir
Comprar