NOTHING

Nothing_GuiltyOfEverythingNOTHING
«Guilty Of Everything»
Relapse Records
4/5
Apesar de «Guilty Of Everything» ser apenas o disco completo de estreia dos Nothing, a história do duo já tem alguns capítulos interessantes. O seu fundador, Domenic Palermo, passou alguns anos a liderar a banda de punk/hardcore Horror Show, antes de ser condenado e preso por algum tempo e de sair do encarceramento com ideias frescas para este novo projecto. Um dos três EPs editados anteriormente pelos Nothing, «Suns And Lovers», foi lançado em vinil de 12” numa edição limitada a 300 unidades, de cujos lucros a banda decidiu abdicar de modo a que a editora – a japonesa Big Love Recors – pudesse doá-los a uma instituição de caridade de apoio às vítimas de tsunamis. E depois há a música. Uma mistura expansiva, cheia de atmosfera e a quantidade certa de distorção, das sonoridades dos Smashing Pumpkins, My Bloody Valentine e Jesu. Uma proposta melancólica como poucas, com uma estética muito anos 80 e o equilíbrio certo entre melodia, distorção e atmosfera dreamy. A voz de Palermo é uma espécie de projecção etérea do tom íntimo mas frio de Justin Broaderick e ajusta-se na perfeição aos nove temas de pura atmosfera de «Guilty Of Everything». As guitarras têm momentos de distorção bem altos e sabem como fazer aquele fuzz muito pós-rock, mas também potenciam momentos de dedilhados delicados e belos. Se alguma vez sonharam como soariam os Alcest a fazer uma jam com os Beastmilk, esta pode ser a vossa resposta.
Ouvir
Comprar

TherionAdulruna400

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s