ENTOMBED A.D.

EntombedAD_BackToTheENTOMBED A.D.
«Back To The Front»
Century Media
7/10
Apesar da editora tentar chutar para canto que isto não são os Entombed legais (daí o sufixo “A.D.”) e que falta nesta formação o guitarrista original Alex Hellid, a verdade é que a atribulada história da instituição musical sueca fala por si. Ainda assim, em abono dos Entombed A.D., deve dizer-se que os seus elementos são todos os que pertenciam à última formação conhecida dos Entombed, menos Hellid. E que, em «Back To The Front», fizeram um óptimo trabalho em recuperar a sonoridade mais seca, velha e punkish que é a imagem de marca histórica do projecto. Fazem-no com um misto de experiência e entusiasmo próprios de quem sabe que tem a responsabilidade acrescida de gravar música sob o nome de Entombed (com ou sem A.D.), mas com o talento de quem tem direito a estar ali. Por isso, e sem vestígios do rock mais complicado do último «Serpent Saints – The Ten Amendments», o álbum é uma máquina de death metal old school sueco, de metásteses no punk e no death’n’roll, que não complica o que é simples e com o som de guitarra quase naquele ponto de distorção imediatamente reconhecível como Entombed. É bom, é pesado, é groovy e é porco. É duvidosa a utilização de um nome histórico quando já ninguém original pertence à formação? Talvez. Mas é inegável que «Back To The Front» é “mais” Entombed do que qualquer um dos últimos discos dos “verdadeiros” Entombed.
Sílvia Reis

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s