LORDI

Lordi_ScareForceOneLORDI
«Scare Force One»
AFM Records
6/10
A dar sinais de esgotamento e cansaço há alguns anos e discos, a receita musical dos Lordi não tem grande espaço para evoluir ou mudar, ou não estivéssemos a falar de sleaze metal/rock do mais simples e funcional que possa existir. Ainda assim, a banda finlandesa experimenta algumas novidades na segunda parte de «Scare Force One», o seu sétimo álbum de originais, nomeadamente em temas mais lentos e negros como «She’s A Demon». O resultado faz-nos ter saudades dos mais directos temas dos Lordi – mesmo os mais desinspirados e requentados, como voltam a ser os da primeira metade do álbum. É que sleaze rock é sleaze rock – não é um tubo de ensaio num laboratório – e, mesmo quando farta e não parece particularmente refrescante, sair da sua zona de conforto pode tornar-se estranho e contraproducente. O que vale aos Lordi em «Scare Force One» é que o fazem, a medo, em apenas dois ou três temas, que depois compensam com um número igual de músicas que recuperam de alguma forma o circo de horror sleaze que os primeiros álbuns do projecto chegaram a montar. O single «Nailed By The Hammer Of Frankenstein» é um, mas «How To Slice A Whore» não lhe fica nada atrás. O resto das canções são a receita musical dos Lordi em piloto automático que os últimos discos também já eram. Eles bem mudam de fatos e, a medo, bem tentam mudar a sonoridade, mas o que está gasto dificilmente fica novo.

Anthrax-Chile_728x90_EU_UK

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s