ALCEST, SLEEP E GRAVE PLEASURES NO REVERENCE FESTIVAL VALADA

Sleep_Band2014Apesar de contar apenas com uma edição realizada (no ano passado) o Reverence Valada Festival, que decorre no Parque das Merendas de Valada, no Cartaxo, promete torna-se um dos grandes eventos veraneantes em termos de música pesada e alternativa. O cartaz da edição deste ano, que decorre entre 27 e 29 de Agosto, começa a ficar bem composto e tem como principais atracções os Sleep (na foto), instituição do stoner/doom metal norte-americano de onde saíram, por exemplo, Matt Pike (que formou os High On Fire) e Al Cisneros e Chris Hakius (que fundaram os Om). Apesar da ausência de actividades entre 1998 e 2009, o grupo está de volta, com uma formação que inclui Pike, Cisneros e o baterista dos Neurosis, Jason Roeder.

Outro dos nomes do evento que não deverá passar ao lado dos nossos leitores é o dos franceses Alcest, cuja mistura de black metal, shoegaze e pós-metal já lhes valeu quatro irrepreensíveis discos e que dispensa apresentações para fãs de música melancólica. Os finlandeses Grave Pleasures, até há bem pouco tempo conhecidos como Beastmilk, prometem uma boa mistura de rock gótico com metal apocalíptico, naquele cocktail nuclear que tão bons resultados deu nos dois registos que lançaram até agora. A relativamente jovem banda ucraniana de stoner/doom metal Stoned Jesus, os parceiros de género alemães Samsara Blues Experiment e os portugueses Process Of Guilt completam o ramalhete de propostas mais pesadas do Reverence Festival Valada 2015.

Do lado mais indie do evento há a destacar a presença dos britânicos The Horrors, cujo pós-punk psicadélico tem a “cara” do festival, bem como o rock “ácido” psicadélico dos alemães Electric Moon, que também marcarão presença em Valada. Os noruegueses Electric Eye são um bem-vindo regresso a Portugal, com a sua mistura de blues, música tradicional indiana e psych-rock. O power trio psicadélico inglês Blown Out é outra das confirmações, assim como os norte-americanos experimentais Yawning Man, os irlandeses The Altered Hours com a sua mistura de rock alternativo, shoegaze e noise, os ingleses One Unique Signal num registo mais kraut-rock/pós-drone, os franceses The Dead Mantra, os italianos Calibro 35, os norte-americanos Magic Castles e os internacionais Ancient River. Os portugueses Fast Eddie Nelson, Saturnia e Los Waves completam o naipe de apostas.

O passe para os três dias do festival já está disponível nos locais habituais e, se comprado até dia 30 de Junho, custa Eur 58,00 (a partir daí custa Eur 65,00 e nos dias do festival custa Eur 70,00). Os bilhetes diários valem Eur 35,00 se comprados já, Eur 40,00 a partir de 1 de Julho e Eur 45,00 nos dias do evento. As entradas para o primeiro dia do certame têm o preço de Eur 10,00, subindo para Eur 15,00 no dia dos concertos.

MisantropiaExtrema_TheNealMorseBand_468x60_0215

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s