SATHANAS

Sathanas_WorshipTheDevilSATHANAS
«Worship The Devil»
Doomentia Records
7/10
A coerência e resiliência são dois dos principais atributos dos norte-americanos Sathanas mas, como quem os conhece já sabe tão bem, a música do trio não fica nada atrás. Ao longo de duas décadas e meia (!) de carreira, o grupo (que conta com o ex-baterista dos Acheron, James Strauss) já lançou propostas mais death metal, mais black ou thrash (como era o caso da última «La Hora De Lucifer», lançado em 2012) mas, quando chegam ao disco número nove a mistura de estilos é o que menos importa. Ou, pelo menos, importa tanto quanto dissecar ao ínfimo pormenor a sonoridade de uns Bolt Thrower, por exemplo. Porque, em «Worship The Devil», os Sathanas chegam àquela sonoridade que é old school sem esforço, que mistura tão homogeneamente death e black metal que, a nomearmos, temos de chamar-lhe deathblack. E fazem-no com uma capacidade de ir aos confins do imaginário do género buscar os riffs mais poderosos, reciclá-los e usá-los numa série de temas de ritmos mais ou menos rápidos, de influências de death metal sueco, de rock’n’roll e de tudo o que seja som extremo, negro e satânico, para fazerem a sua “sopa” que, de tão substancial, dispensa qualquer tipo de “prato” principal. Não são muito diferentes da vossa banda-tipo de death/black metal mas, lá está, a coerência e a resiliência fizeram maravilhas pelos Sathanas.

AgnosticFront_728x90_EU_UK

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s